Vida noturna em Belo Horizonte

Comment (1)

  • Pedro10/11/2017 at 10:03 am Responder

    Quem frequenta vida noturna, bares, botecos, boates etc não vai frequentar uma Igreja. A coisa é muito sutil. E nenhum humano dá conta de explicar isto. Pode humildemente e respeitosamente descrever os comportamentos. Se se rompe a fronteira da humildade vai ser como um macaco malabarista que tem na mão um revolver carregado. Vai sair tiro pra todo lado inclusive contra si próprio…:)

Deixe uma resposta